subject
Pedagogia, 26.04.2018 18:32 FerSilva2403

Uma das características mais marcantes da cultura romana diz respeito à expansão de seu território, desenvolvendo a concepção de império. era característica dos romanos com relação aos povos por eles conquistados: a a) eram transformados em escravos. b b) lhes eram conferidos o direito da cidadania romana mediante o pagamento de impostos. c c) eram levados para roma e obrigados a trabalhar para o rei. d d) impunham-lhes a obrigatoriedade e falar o latim. e e) alguns povos mais pobres eram isentados de pagar os impostos para o rei.

Respostas
Respostas: 1

Outra pergunta: Pedagogia

question
Pedagogia, 15.08.2019 01:07
Hist√≥ria da educa√ß√£o, no brasil, manifestada por suas principais tend√™ncias pedag√≥gicas, possibilitando perceber o movimento de an√°lise e questionamento da dimens√£o hegem√īnica da educa√ß√£o escolar e, nesse sentido, compreender o importante papel que a educa√ß√£o n√£o escolar assume nesse processo de redimensionamento da fun√ß√£o da escola. nesse sentido
Respostas: 2
question
Pedagogia, 15.08.2019 04:17
1) a constitui√ß√£o federal em vig√™ncia no brasil √© promulgada no ano de 1988. √© considerada a ‚Äúconstitui√ß√£o cidad√£‚ÄĚ pela inclus√£o de uma s√©rie de direitos sociais e seu teor democr√°tico. sobre a educa√ß√£o podemos dizer que ela √© tratada como: alguns artigos que descrevem como ser√£o constitu√≠dos os sistemas de ensino no brasil. disp√Ķe de um cap√≠tulo exclusivo que discorre sobre princ√≠pios, deveres de oferta entre outras disposi√ß√Ķes legais. descreve minuciosamente cada detalhe de organiza√ß√£o educacional do pa√≠s. trata a educa√ß√£o como um dever da fam√≠lia em prov√™-la. 2) a hist√≥ria do direito √† educa√ß√£o no pa√≠s tem avan√ßos e retrocessos. em determinado momento o estado tinha o dever de prov√™-la, em outro ele se absteve. atualmente, a constitui√ß√£o federal do pa√≠s estabelece que a educa√ß√£o √© um direito p√ļblico subjetivo, isso significa que: o estado tem o dever de prov√™-la, e caso n√£o atenda a demanda de ensino obrigat√≥rio a autoridade competente precisa se justificar para n√£o sofrer san√ß√Ķes. o n√£o atendimento da demanda implica perda de recursos no financiamento da educa√ß√£o. a n√£o oferta da educa√ß√£o obrigat√≥ria imputa criminalmente a autoridade competente. caso n√£o haja vagas a crian√ßa aguardar√° at√© que seu direito seja resguardado. 3) assunto em voga na agenda educacional brasileira, a qualidade em educa√ß√£o um assunto que gera controv√©rsias. isso se deve ao fato da polissemia que a palavra qualidade tem, cada pessoa tem sua vis√£o de qualidade. sobre o assunto, a constitui√ß√£o estabelece que: o ensino deve ser ministrado com garantia de padr√£o de qualidade. a garantia de padr√£o de qualidade √© exigida quando s√£o gastos insumos m√≠nimos por aluno. a educa√ß√£o obrigat√≥ria deve ser ministrada com padr√£o de qualidade. os insumos m√≠nimos s√£o voltados apenas para a oferta de ensino obrigat√≥rio. 4) o art. 208 da constitui√ß√£o √© importante pois estabelece as obriga√ß√Ķes do estado com a educa√ß√£o brasileira, atrav√©s de programas suplementares do governo federal como pnate (programa nacional de transporte escolar) e o pnld (programa nacional do livro did√°tico), os quais s√£o de grande import√Ęncia. sobre isso o artigo de refer√™ncia disp√Ķe em seu texto que: na exist√™ncia de recursos o estado deve prover programas suplementares de alimenta√ß√£o escolar, transporte e material escolar, somente para as gestantes. cabe ao estado como obriga√ß√£o apenas o atendimento educacional especializado em pessoas com defici√™ncia. o atendimento por via de programas suplementares de transporte, material did√°tico, alimenta√ß√£o, acesso √† sa√ļde devem ser ofertados obrigatoriamente s√≥ na educa√ß√£o infantil. o atendimento via programas suplementares de material did√°tico escolar, alimenta√ß√£o, transporte e acesso √† sa√ļde devem ser ofertados para todas as etapas da educa√ß√£o b√°sica. 5) a lei de diretrizes e bases da educa√ß√£o nacional, n. 9394/96 √© complementar √† constitui√ß√£o e esclarece v√°rios aspectos presentes na carta magna. uma delas √© sobre os n√≠veis e modalidade de ensino. podemos dizer que: a ldb disp√Ķe que a educa√ß√£o brasileira √© composta dos n√≠veis infantil, fundamental e m√©dio. conforme o artigo 21, dividem-se nos n√≠veis de ensino, compondo-se pela educa√ß√£o b√°sica e educa√ß√£o superior. as etapas de ensino s√£o compostas pela educa√ß√£o b√°sica e educa√ß√£o superior. a educa√ß√£o infantil n√£o √© considerada uma etapa de ensino. 6) o art. 24 da ldb elenca algumas caracter√≠sticas que o ensino fundamental e m√©dio ter√£o em comum no pa√≠s, destacando-se: o ensino religioso obrigat√≥rio no ensino fundamental e disciplina de filosofia no ensino fundamental e m√©dio. a recupera√ß√£o obrigat√≥ria ao final do ano letivo. a carga hor√°ria de 800 horas m√≠nimas anuais distribu√≠das por no m√≠nimo 200 dias letivos; o controle de frequ√™ncia fica a cargo exclusivo da fam√≠lia. 7) o modelo de redistribui√ß√£o de recursos b√°sicos para a educa√ß√£o √© normatizado pelo fundeb, que redistribui 20% de alguns impostos estaduais e municipais conforme demanda de matr√≠cula e modalidade, uma tentativa de promover qualidade com equidade na educa√ß√£o em um territ√≥rio historicamente desigual. atrav√©s da vincula√ß√£o de percentual nas receitas de impostos, estabelece-se o investimento m√≠nimo em educa√ß√£o pelos entes federados, percentuais definidos em: 18% das receitas de impostos dos munic√≠pios e 25% dos estados e da uni√£o; 25% das receitas de impostos da uni√£o e 18% dos estados e munic√≠pios; 10% das receitas de impostos da uni√£o e 25% dos estados e munic√≠pios; 18% das receitas de impostos da uni√£o e 25% dos estados e munic√≠pios;
Respostas: 2
question
Pedagogia, 15.08.2019 01:46
Leia o texto a seguir: "o emprego da l√≠ngua efetua-se em forma de enunciados (orais e escritos) concretos e √ļnicos, proferidos pelos integrantes desse ou daquele campo da atividade humana. esses enunciados refletem as condi√ß√Ķes espec√≠ficas e as finalidades de cada referido campo n√£o s√≥ por seu conte√ļdo (tem√°tico) e pelo estilo da linguagem, ou seja, pela sele√ß√£o dos recursos lexicais, fraseol√≥gicos e gramaticais da l√≠ngua mas, acima de tudo, por sua constru√ß√£o composicional. todos esses tr√™s elementos ‚Äď o conte√ļdo tem√°tico, o estilo, a constru√ß√£o composicional ‚Äď est√£o indissoluvelmente ligados no todo do enunciado e s√£o igualmente determinados pela especificidade de um determinado campo da comunica√ß√£o". (bakhtin, m. m. est√©tica da cria√ß√£o verbal. s√£o paulo: martins fontes, 2010, p.261-262). pensando na import√Ęncia dos g√™neros discursivos aliados √† escrita, avalie se as afirmativas a seguir s√£o verdadeiras (v) ou falsas (f): ( ) para se produzir texto n√£o h√° necessidade de conhecer os v√°rios g√™neros e tipologias que circulam na sociedade e na esfera escolar. ( ) conhecer o g√™nero ou o tipo textual do texto que se est√° produzindo auxilia para que objetivo, caracter√≠sticas e tem√°ticas do texto sejam adequados. ( ) dominar uma variedade de g√™neros permite que o produtor de texto (o aluno) consiga realizar suas produ√ß√Ķes de forma din√Ęmica, correta e real. assinale a alternativa que apresenta a sequ√™ncia correta: selecione uma alternativa: a) v ‚Äď f ‚Äď f b) v ‚Äď v ‚Äď v c) f ‚Äď f ‚Äď f d) f ‚Äď v - f e) f ‚Äď v ‚Äď v
Respostas: 2
question
Pedagogia, 15.08.2019 01:17
Aescola deve zelar para que todos sejam educados em "um esp√≠rito de compreens√£o, toler√Ęncia, amizade entre os povos, paz e fraternidade universal, respeito √† liberdade de religi√£o ou de convic√ß√£o dos demais e em plena consci√™ncia de que sua energia e seus talentos devem dedicar-se ao servi√ßo da humanidade". isso √© o que prev√™ a declara√ß√£o sobre a elimina√ß√£o de todas as formas de intoler√Ęncia e discrimina√ß√£o fundadas na religi√£o ou nas convic√ß√Ķes, proclamada pela onu, em 1981, e da qual o brasil √© signat√°rio. (domingos, marilia de franceschi neto. educa√ß√£o e diversidade: diversidade cultural e religiosa no contexto escolar. caderno de atividades. valinhos: anhanguera educacional, 2014, p. 6) sobre o conceito de toler√Ęncia abordado na cita√ß√£o acima, analise os itens a seguir: i ‚Äď o princ√≠pio da laicidade situa-se ao lado do princ√≠pio da toler√Ęncia, reconhecidos pela declara√ß√£o universal dos direitos humanos (art. xiii), de 1948, e pela constitui√ß√£o brasileira de 1988 (art. 5¬ļ , inciso vi). ii - a toler√Ęncia n√£o deve necessariamente ser praticada em rela√ß√£o √†s cren√ßas religiosas, visto que devemos defender os preceitos da religi√£o que seguimos como sendo a √ļnica verdade. iii - a toler√Ęncia deve ser buscada em todas as situa√ß√Ķes, independente de valores morais e √©ticos. iv ‚Äď a toler√Ęncia pode ser definida como a capacidade ou o gesto de voltar-se com respeito para uma realidade diferente de sua pr√≥pria maneira de ser, de agir ou de pensar. assinale a alternativa que apresenta todas os itens corretos: alternativas: a) apenas i e iii. b) apenas ii e iv. c) apenas iii e iv d) apenas i e iv. e) apenas i, ii e iii.
Respostas: 1
Você sabe a resposta certa?
Uma das características mais marcantes da cultura romana diz respeito à expansão de seu território,...
Perguntas
question
Química, 11.08.2018 15:49
question
Matem√°tica, 07.10.2018 04:29
question
História, 01.05.2019 16:53
question
Matem√°tica, 10.05.2013 01:59
Perguntas no site: 22599529