subject
Português, 01.03.2021 22:40 Shaday007

AUTOPSICOGRAFIA O poeta é um fingidor.

Finge t√£o completamente

Que chega a fingir que é dor

A dor que deveras sente.

E os que leem o que escreve,

Na dor lida sentem bem,

N√£o as duas que ele teve,

Mas só as que ele não tem.

E assim nas calhas da roda

Gira, a entreter a raz√£o,

Esse comboio de corda

Que se chama coração

(Augusto dos Anjos)

NÃO PRECISA COPIAR ESTA PARTE

Link da aula do CMSP: https://www. youtube. com/watch?v=jQ9lY1ZnRdU&pbjrelo ad=101

Habilidade da BNCC:

EM13LP49 Perceber as peculiaridades estruturais e estilísticas de diferentes

g√™neros liter√°rios (a apreens√£o pessoal do cotidiano nas cr√īnicas, a manifesta√ß√£o livre

e subjetiva do eu l√≠rico diante do mundo nos poemas, a m√ļltipla perspectiva da vida

humana e social dos romances, a dimensão política e social de textos da literatura

marginal e da periferia etc.) para experimentar os diferentes √Ęngulos de apreens√£o do

indivíduo e do mundo pela literatura.

Conversa sobre o poema Autopsicografia

1. Por que o eu-lírico diz que o poeta é um

fingidor?

2. √Č correto afirmar que poetas e atores ‚Äúfingem

t√£o completamente‚ÄĚ? Por que voc√™ acha isso?

3. Além de escrever poemas, em sua opinião, o

que é necessário para uma pessoa ser poeta?

4. A palavra título indica que:

a) O texto apresentará a visão do eu lírico

sobre os outros com quem convive.

b) O poema tecer√° considera√ß√Ķes sobre a

subjetividade do próprio eu lírico.

c) O texto discutirá a formação do leitor.

d) O poema dialogar√° com os leitores em

potencial.

e) O poema tecer√° considera√ß√Ķes sobre o

amor‚Äč

Respostas
Respostas: 3

Outra pergunta: Português

question
Português, 15.08.2019 00:48
Escreva os n√ļmeros por extenso.16: 77: 94: 25: 60: 16: 45: 90: 110: 250: 77: ‚Äč
Respostas: 2
question
Português, 15.08.2019 00:34
3) classifique as ora√ß√Ķes; obedecendo o seguinte c√≥digo(1) ora√ß√£o principal.(2) ora√ß√£o subordinada adverbial temporal(3) ora√ß√£o subordinada adverbial consecutiva(4) ora√ß√£o subordinada adverbial concessiva(5) ora√ß√£o subordinada adverbial condicional(6) ora√ß√£o subordinada adverbial comparativa(7) ora√ß√£o subordinada adverbial conformativa(8) ora√ß√£o subordinada adverbial proporcional)19: ) ora√ß√£o subordinada adverbial final(10-) ora√ß√£o subordinada adverbial causala) (4) embora fosse cedo, resolvi levantar.b)(voc√™ pode sair, contanto que volte logo.c)(9) como voc√™ viu, a menina era voluntariosa. pedro fugiu, porque era t√≠mido.e ) estou ensinando, para que voc√™s aprendam bem.1 ) √† propor√ß√£o que escurecia, sentia mais medo.‚Äč
Respostas: 3
question
Português, 14.08.2019 23:52
Substantivoclasse de palavrasadjetivonumeralartigopronomeverboadverbiopreposi√ß√£oconjunc√£ointerjei√ß√£o1 calmamente ele fol expondo o complicado assuntoson volonizar a educa√ß√£o n√£o se constr√≥i un grande pais! ‚Äč
Respostas: 2
question
Português, 15.08.2019 05:56
Comparar o trabalho do poeta com o do ouvires e uma forma bem interessante de distingir o trabalho po√©tico. o que voc√™ acha disso? poema: profiss√£o da f√©autor: olavo bilac ‚Äč
Respostas: 3
Você sabe a resposta certa?
AUTOPSICOGRAFIA O poeta é um fingidor.

Finge t√£o completamente

Que chega a f...
Perguntas
question
Ed. Física, 12.06.2021 01:00
question
Matem√°tica, 12.06.2021 01:00
question
ENEM, 12.06.2021 01:00